Padre José Ribolla †

Assessor Eclesiástico 1989-1994
Data de Nascimento: 08/09/1917
Data de Ordenação: 06/01/1947

Nasceu dia 08 de setembro de 1917 em Taquaritinga SP, no Bairro Itagaba. Pais: Lino Ribolla e Amabile Cavazzine. É o primeiro filho do casal. Completou o 1º grau em Taquaritinga. Estava cursando a Escola de Comércio, quando em 04.06.1937, com 20 anos de idade, entrou para o Seminário S. Afonso, em Aparecida.
Completou o Seminário Menor em 1940. Em 1941 fez o Noviciado em Pindamonhangaba, onde dia 02.02.1942 fez a Profissão Religiosa na C.SS.R. O Seminário Maior foi feito em Tietê onde fez a Profissão Perpétua em 02.02.1946.
Foi Ordenado Sacerdote em Tietê no dia 06.01.1947, por D. José Carlos de Aguirre, Bispo de Sorocaba SP. Celebrou sua Primeira Missa solene em Taquaritinga, em 12.01.1947. Deixou o Seminário Maior em janeiro de 1948, começando seu apostolado como Vigário Cooperador da Paróquia de N.S. da Penha, em S.Paulo SP, onde ficou um ano. Em 16.01.1949 foi transferido para o Seminário Sto. Afonso, em Aparecida, como Prefeito e Professor. Em 24.10.1950 foi nomeado Diretor do Seminário S.Afonso. Foi durante seu Diretorado que houve a mudança do Seminário S.Afonso, do Colegião (Casa de Nossa Senhora) para o prédio novo. Com a nomeação do Provincial, Pe. Antonio Macedo, para Bispo Auxiliar de S.Paulo, em 09.06.1955, Pe. José Ribolla foi nomeado Provincial da Província de S. Paulo, cargo que ocupou até 31.12.1969, por quase 15 anos.
Durante seu Provincialado foi construído o Alfonsianum, o IRES, Instituto Redentorista de Estudos Superiores, na Rodovia Raposo Tavares. Foi inaugurado em 02.08.1966. Mais tarde, como Ecônomo Provincial, ele o vendeu. Em 05.01.1967, ele entregou à Arquidiocese de S.Paulo a Paróquia e Santuário de N.S. da Penha, onde os Redentoristas estavam desde 05.03.1905. Igualmente foi ele quem vendeu a Casa de Pindamonhangaba, então Noviciado (06.08.1966). Deixando o cargo de Provincial, foi nomeado Ecônomo Provincial, cargo que ocupou até fins de 1984. Continuou como Vice- Ecônomo até dezembro de 1996.
Trabalhou muito com os Cursilhos de Cristandade, dirigindo centenas deles. Trabalhou em Encontros de Casais, jovens, agentes pastorais, etc. Grande palestrista, pregou muito pelo Brasil todo. Em março de 1987 tomou posse como Assessor Nacional do Movimento dos Cursilhos, ficando no cargo até fim de 1991. Nos últimos tempos, dedicouse ao apostolado da pena, tendo escrito cinco livros: “O plano de Deus”, “Os sacramentos trocados em miúdo”, “O jeito de Jesus de Nazaré”, “O jeito de Maria de Nazaré” e “Coisas da fé”. Todos livros de formação teológica popular. Dia 02.02.1992 celebrou, em Tietê seu Jubileu de Ouro de Profissão Religiosa na CSSR. Em 06.01.1997 celebrou seu Jubileu de Ouro de Sacerdócio.
Dia 02.02.2002 celebrou seu Jubileu de 60 anos de Vida Religiosa. Faleceu dia 24.06.2002 na Santa Casa de Guaratinguetá, onde há vários dias estava internado na UTI. Foi sepultado em Aparecida, no mesmo dia, após a missa de corpo presente, às 15 horas, na Basílica Nova. Estava com 84 anos de idade, 60 anos de Vida Religiosa e 55 anos de Sacerdócio.

LIVROS PUBLICADOS