Cardeal Parolin: “a diplomacia, até o momento, não produziu grandes resultados”. O secretário de Estado do Vaticano fala à Tv2000, emissora da Igreja italiana: “É impensável e insustentável deixar a população ucraniana na escuridão e no frio”.

Leia tudo

 

Siga-nos: