Em uma mensagem em vídeo para a abertura da 5ª Conferência Internacional “Mente, corpo e alma”, promovida pelo Pontifício Conselho para a Cultura e pela Fundação Cura, o secretário de Estado do Vaticano sublinha que, ao longo de milênios, o homem tem sido capaz de progredir ao ponto de desenvolver múltiplas culturas. Mas não raro, “a história da humanidade também tem sido marcada por egoísmos e ações que geraram sofrimento e desolação”.
Siga-nos: