A Mesa Inter-Religiosa do Chile lamenta que a violência tenha ocupado espaços importantes do debate nacional, ultrapassando os limites do respeito à dignidade humana e do amor ao próximo. “Acreditamos – afirmam – que é justo e necessário fazer um apelo para que sejamos capazes de voltar a olharmo-nos nos olhos, sem ódio, para recuperar a tão almejada paz que desejam as famílias que vivem no Chile”.
Siga-nos: