Francisco confessa que olha todas as manhãs para a Praça São Pedro e para a cidade de Roma da janela de seu escritório, onde todos os domingos ele reza o Angelus: é um olhar que se torna oração e bênção para a humanidade
Siga-nos: