Dia 10 de Outubro – Sábado

XXVII SEMANA DO TEMPO COMUM
(Verde – Ofício do Dia)


Antífona de Entrada

Senhor, tudo está em vosso poder e ninguém pode resistir à vossa vontade. Vós fizestes todas as coisas: o céu, a terra e tudo o que eles contêm; sois o Deus do universo! (Est 1,9ss)


Oração do dia

Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis, no vosso imenso amor de Pai, mais do que merecemos e pedimos, derramai sobre nós a nossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


Leitura (Gálatas 3,22-29)

Leitura da carta de são Paulo aos Gálatas.
Irmãos, 3 22 a Escritura encerrou tudo sob o império do pecado, para que a promessa mediante a fé em Jesus Cristo fosse dada aos que crêem.
23 Antes que viesse a fé, estávamos encerrados sob a vigilância de uma lei, esperando a revelação da fé.
24 Assim a lei se nos tornou pedagogo encarregado de levar-nos a Cristo, para sermos justificados pela fé.
25 Mas, depois que veio a fé, já não dependemos de pedagogo,
26 porque todos sois filhos de Deus pela fé em Jesus Cristo.
27 Todos vós que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo.
28 Já não há judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem homem nem mulher, pois todos vós sois um em Cristo Jesus.
29 Ora, se sois de Cristo, então sois verdadeiramente a descendência de Abraão, herdeiros segundo a promessa.
Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial 104/105

O Senhor se lembra sempre da aliança!

Cantai, entoai salmos para ele,
publicai todas as suas maravilhas!
Gloriai-vos em seu nome, que é santo,
exulte o coração que busca a Deus!

Procurai o Senhor Deus e seu poder,
buscai constantemente a sua face!
Lembrai as maravilhas que ele fez,
seus prodígios e as palavras de seus lábios!

Descendentes de Abraão, seu servidor,
e filhos de Jacó, seu escolhido,
ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus,
vigoram suas leis em toda a terra.


Evangelho (Lucas 11,27-28)

Aleluia, aleluia, aleluia.
Feliz quem ouve e observa a palavra de Deus! (Lc 11,28)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
Naquele tempo, 11 27 enquanto ele assim falava, uma mulher levantou a voz do meio do povo e lhe disse: “Bem-aventurado o ventre que te trouxe, e os peitos que te amamentaram!”
28 Mas Jesus replicou: “Antes bem-aventurados aqueles que ouvem a palavra de Deus e a observam!”
Palavra da Salvação.


Comentário ao Evangelho

FELIZ QUEM PRATICA A PALAVRA
Uma mulher, exaltando publicamente a mãe de Jesus, fez-se porta-voz do sentimento da multidão. Deveria ser magnífica a criatura que deu à luz um ser tão extraordinário como era Jesus. Seus prodígios estavam aí para demonstrar quem ele era! 
Entretanto, Jesus a corrigiu: mais digno de louvor é quem se torna discípulo do Reino, ou seja, ouve a palavra de Deus e pauta sua vida por ela. 
Evidentemente, a mãe de Jesus não estava excluída desta categoria. Ela foi a humilde serva que se colocou toda à disposição do Pai. Ser mãe do Filho de Deus resultava de sua condição de mulher obediente à vontade divina. A mãe era bem-aventurada por se ter feito discípula.
Proclamando a bem-aventurança do discipulado, Jesus convidava a multidão a se fazer discípula. Seria muito pouco deter-se na exaltação da mãe, sem se tornar discípulo do Filho. Isto não passaria de uma constatação superficial, se não resultasse numa opção radical pelo Reino anunciado por Jesus. O que se dá, quando a Palavra de Deus é ouvida e praticada. Essa é a maior experiência de felicidade que um ser humano pode fazer. Felicidade por ter alicerçado sua vida em fundamentos sólidos! Felicidade por ter encontrado o verdadeiro sentido da vida humana!

Oração 
Senhor Jesus, que eu experimente a felicidade de ser discípulo do Reino, ouvindo a Palavra de Deus e a pondo em prática de forma radical.

(O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE – e disponibilizado neste Portal a cada mês)


Sobre as Oferendas

Acolhei, ó Deus, nós vos pedimos, o sacrifício que instituístes e, pelos mistérios que celebramos em vossa honra, completai a santificação dos que salvastes. Por Cristo, nosso Senhor.


Antífona da Comunhão

Bom é o Senhor para quem confia nele, para aquele que o procura (Lm 3,25).


Depois da Comunhão

Possamos, ó Deus onipotente, saciar-nos do pão celeste e inebriar-nos do vinho sagrado, para que sejamos transformados naquele que agora recebemos. Por Cristo, nosso Senhor.

Siga-nos: