Depois de seis meses, reiniciam as celebrações com a presença dos fiéis no pequeno país asiático. A pequena comunidade católica alegra-se. Padre Gianluca Tavola, missionário e pároco em duas províncias do Sul afirma: “Foi um momento difícil, mas esta dramática situação nos permitiu ir ao encontro dos que estão longe e recuperar muitos que tinham perdido a fé”
Siga-nos: