Nas saudações em várias línguas, durante Audiência Geral, Francisco voltou a falar sobre a importância de tutelar a vida, desde a concepção até seu fim natural, e recordou sua viagem apostólica de cinco anos atrás que teve como primeira etapa a “amada terra cubana”.
Siga-nos: