O arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer, descreve este novo momento como “um sinal de esperança” para “algo muito importante que não podemos e não queremos perder: a fé, a vida da Igreja, com testemunho de Deus no meio da cidade”. Desde a última segunda-feira (29), respeitando as orientações das autoridades sanitárias, as celebrações públicas e as atividades pastorais e da Cúria da Arquidiocese de São Paulo estão sendo retomadas de maneira segura, programada e gradual.
Siga-nos: