Na Carta aberta ao Papa os bispos do Conselho Episcopal Latino-Americano ressaltam que hoje se respira “um novo clima na Igreja”: “a simplicidade”, “o magistério e os gestos” de Francisco mostram “uma Igreja mais evangélica e mais de Cristo”, uma Igreja em cujo centro estão “os pequenos, os pobres, os vulneráveis”. Os bispos agradecem por sua “oração e constante preocupação com a amada Amazônia e com os pobres” e por seu “rico ensinamento”
Siga-nos: