“Estamos vendo cada vez mais pessoas se oferendo para o voluntariado, participando de iniciativas de caridade e ajudando os outros. O amor ao próximo nos aproxima de Cristo. Isso é particularmente importante e valioso neste momento em que a maior parte das pessoas ainda não tem a oportunidade de se dirigir aos locais de culto”, comentou o bispo de Orekhovo-Zuevsky, presidente do Departamento de Caridade e Serviços Sociais da Igreja Ortodoxa russa.
Siga-nos: