O prepósito geral dos jesuítas, padre Arturo Sosa Abascal, recorda ao Vatican News a figura do padre Adolfo Nicolás, à frente da Companhia de Jesus de 2008 a 2016, que morreu nesta quarta-feira em Tóquio, aos 84 anos de idade. Padre Nicolás tinha baseado a sua liderança “na confiança nos outros, que era também uma confiança no Senhor”.
Siga-nos: