Para o Padre Jacques Mourad, monge sírio-católico, os cinco meses passados como refém dos terroristas jihadistas na Síria foi uma experiência espiritual . Encontrou força e serenidade na oração do Terço e nos ensinamentos do padre Paolo Dall’Oglio
Siga-nos: