No ano internacional dedicado pela ONU a esse tema, a Igreja canadense quer chamar a atenção para a importância de preservar e promover essas línguas em risco de extinção a fim de transmitir às comunidades católicas, das Primeiras Nações, uma fé realmente encarnada em suas culturas.
Siga-nos: