Um ano depois do Sínodo sobre os jovens, rapazes e moças do mundo refletem sobre a “Christus vivit”, a Exortação do Papa Francisco. Em um parágrafo, está escrito que o problema da Igreja é que existem pessoas que a querem “envelhecer”. Escândalos e incoerências afastam os jovens, mas a beleza do Evangelho os fascina. Cecília, argentina de 25 anos, se entusiasma quando diz: jovens ou não, podemos fazer crescer juntos a Igreja que sonhamos.
Siga-nos: