Mensagem da Conferência Episcopal Filipina observa que muitos prisioneiros cometeram delitos relativamente menores, muitas vezes em circunstâncias de grave pobreza e desespero, e “definham em prisões por causa da falta de instrução, de assistência legal, devido à pobreza, por causa de um sistema judiciário deficiente” que deve ser reformado com urgência “de modo que seja fundado na justiça reparatória, como na maior parte das sociedades civis”
Siga-nos: