A última parte da soma obtida com o leilão da Lamborghini doada ao Papa em 2017 vai ao Haiti para a reconstrução de uma escola infantil e de um seminário, destruídos pelo terremoto de 2010. As outras partes da quantia irão beneficiar entidades beneficentes italianas que também atendem outros países. Nesta sexta-feira (13), o Papa Francisco recebeu um cheque simbólico da operação no valor de cerca de 900 mil euros.
Siga-nos: