A declaração é de Ir. Luzinete de Araújo Silva, da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Calvário. Em entrevista ao Vatican News, ela conta sobre as expectativas quando ao Sínodo Amazônico no Vaticano que deverá tratar de assuntos vividos diariamente pela missionária do Cimi, que atua junto ao povo Mura e também na Prelazia de Borba, no Amazonas. Ir. Luzinete acredita na força do Evangelho para ajudar as vidas ameaçadas daquela região.
Siga-nos: