Caros irmãos e irmãs de caminhada.

MCC: Caminho de Santificação

DECOLORES!

Sede misericordiosos como vosso pai é misericordioso” (Lc. 6,36).

  1. As pequenas comunidades de fé.

Ao falar de pequenas comunidades de fé, fala-se de cristãos, cursilhistas ou não, que se reúnem, partilham a vida e a fé, em vista de uma sociedade melhor. As comunidades de fé não precisam ser do mesmo ambiente, podem ser de diferentes, mas se unem para agir num determinado ambiente, a fim de transformá-lo. Assim elas podem se formar, se organizar, partindo sempre da Palavra de Deus.

O núcleo nasce no ambiente e deveria agir nos ambientes, embora estes não sejam necessariamente de cristãos. O que é diferente das comunidades de fé que são formadas de cristãos, onde fica mais fácil a ação do núcleo.

As comunidades de fé, assim como os grupos alimentam-se nas escolas vivenciais. Tanto os núcleos como as comunidades de fé, estão unidos por estreitos laços de amizade, impiram-se na palavra de Deus e usam o método ver, discernir, para depois planejar o agir. O importante para as comunidade de fé é que seus membros não fiquem apenas no exercício da oração e da partilha de vida, mas que tenham consciência de seu papel transformador.

Tanto o núcleo como a comunidade de fé devem centrar seu objetivo em Jesus Cristo, não somente em razões sociológicas.

Pai nosso…

Nascemos para Evangelizar.

Pe. Xiko

Siga-nos: