Liturgia do dia 17/05/2019

Leituras
At 13,26-33
Sl 2,6-7.8-9.10-11 (R/. 7)
Jo 14,1-6

4ª Semana da Páscoa

Sexta-Feira

Primeira Leitura: At 13,26-33

26 Irmãos, descendentes de Abraão e todos vós que adorais a Deus! É a nós que foi dirigida esta mensagem de salvação. 27De fato, os habitantes de Jerusalém e seus chefes não reconheceram a Jesus; mas ao condená-lo, cumpriram o que foi anunciado pelos profetas que são lidos todos os sábados. 28Embora não encontrassem nele motivo de morte, eles o condenaram e pediram a Pilatos que o mandasse matar. 29Quando tinham realizado tudo o que estava escrito a respeito dele, tiraram-no da cruz e o colocaram num sepulcro. 30Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos. 31Durante muitos dias ele apareceu aos que o tinham acompanhado da Galileia a Jerusalém, os quais são agora suas testemunhas junto ao povo. 32Nós também vos anunciamos a boa-nova, que a promessa feita a nossos pais 33 foi cumprida por Deus em favor de nós, seus filhos, ressuscitando Jesus. Assim está escrito, no Salmo segundo: Tu és Meu Filho; hoje te gerei.



Salmo: Sl 2,6-7.8-9.10-11 (R/. 7)

R.: És meu filho, foi hoje que eu te gerei!

6 “Sagrei eu próprio o meu rei em Sião, meu monte santo!” 7Eis do Senhor o decreto: ele me disse: “És meu filho, foi hoje que eu te gerei!

8Pede-me, e dou-te as nações, a terra toda por reino. 9Rege-as com cetro de ferro, quebra-as qual vaso de barro”.

10Prudência agora, juízes; ó reis da terra, aprendei! 11 Servi a Deus com temor, os pés beijai-lhe, tremendo



Evangelho: Jo 14,1-6

1Não se perturbe o vosso coração! Credes em Deus, crede também em mim. 2Há muitos lugares na casa de meu Pai. Se não fosse assim, eu vos teria dito, porque vou preparar um lugar para vós. 3E depois que eu me for e vos tiver preparado o lugar, virei outra vez e vos levarei comigo. Assim, onde eu estiver, vós estareis também 4 Sabeis o caminho do lugar aonde vou”. 5Tomé lhe disse: “Senhor, não sabemos para onde vais. Como poderíamos, então, conhecer o caminho?”. 6Jesus respondeu: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2019 – Ano C – São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2018.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.

 

Boa Nova para cada dia

… voltarei e vos levarei comigo… (Jo 14,3b).

Neste Evangelho Jesus responde a uma preocupação dos discípulos quanto a Vida Eterna: eles iriam ou não para o céu quando Ele partisse para lá? Jesus respondeu, antes de tudo: “Não se perturbe o vosso coração. Tende fé em Deus e em Mim também” (Jo 14,1). Ou seja, afirmou que os discípulos iriam com Ele para o céu.

Maior esperança e alegria lhes deu quando completou: … voltarei e vos levarei comigo… (Jo 14,3b).

Notemos que este diálogo de Jesus acontece somente entre Ele e seus discípulos mais próximos. O desejo deles de permanecerem com Jesus também depois da morte, é o assunto deste diálogo.

Jesus prepara moradas no céu aos que permanecem com.

Permaneçamos com Ele até o fim desta vida, para merecermos a Vida Eterna em Sua companhia.

No fim deste diálogo Jesus disse aos discípulos que eles conheciam o caminho para ir para “a casa de Seu Pai” (Jo 14,2a). Mas São Tomé falou que não sabia nem para onde Jesus ia, nem qual era o caminho que para lá conduzia. Ora, Jesus tinha dito que ia para “a casa de Seu Pai”. Faltou a São Tomé recordar-se disto. Só faltava dizer qual era o caminho para a casa do Pai.

Pois então Jesus aproveita a pergunta de São Tomé para nos dar lição preciosíssima: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim”.

Temos, nesta resposta de Jesus, a lição que orienta toda nossa existência nesta terra em vista de nossa moradia no céu junto de Deus Pai e de Jesus Cristo.

São Tomé verá mais tarde Jesus Cristo Ressuscitado, e dirá: “Meu Senhor e meu Deus” (Jo 20,28). Também desta vez, por meio de São Tomé, reconhecemos no Cristo Ressuscitado o Senhor e Deus de todos os que Nele têm fé.

E foi esta fé em Jesus Cristo que São Tomé levou à Índia como seu Evangelho, em sua atividade missionária, até morrer martirizado em Mylapore, perto de Madras, na Índia. Perseverou em sua fé em Jesus Cristo Ressuscitado. Nele encontrou o Caminho, a Verdade e a Vida Eterna.

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma


Siga-nos: