O presidente dos bispos indianos reitera que a Igreja não se identifica nem apoia nenhum partido político. Reconhecendo a contribuição dos últimos governos para os enormes progressos feitos pela Índia nas últimas décadas, o cardeal observa que “isso gerou uma grande esperança pelo futuro”
Siga-nos: