Liturgia do dia 09/02/2019

Leituras
Hb 13,15-17.20-21
Sl 22(23),1-3a.3b-4.5.6 (R/. 1)
Mc 6,30-34

4ª Semana do Tempo Comum

Sábado

Primeira Leitura: Hb 13,15-17.20-21

15 Por meio dele oferecemos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, a saber, o fruto dos lábios que glorificam o seu nome. 16 Não vos esqueçais de fazer o bem, e de dividir os vossos haveres com os outros, porque tais sacrifícios são agradáveis a Deus. 17 Obedecei a vossos guias e sede-lhes submissos, porque eles cuidam das vossas almas, conscientes como estão de deverem prestar contas a Deus. Assim eles poderão cumprir esse dever com alegria, não com gemidos: porque isto não seria vantajoso para vós.  20 O Deus da paz, que reconduziu de entre os mortos o grande pastor das ovelhas, em virtude do sangue de uma aliança eterna, nosso Senhor Jesus, 21 vos faça capazes de todo o bem, para cumprirdes a sua vontade, realizando em vós tudo o que é agradável por meio de Jesus Cristo, a quem seja dada a glória por todo o sempre. Amém.

Salmo:  Sl 22(23),1-3a.3b-4.5.6 (R/. 1)

R.:  O Senhor é o meu pastor:  não me falta coisa alguma!

1 Salmo de Davi.  O Senhor é o meu pastor:  não me falta coisa alguma! 2 Em campinas verdejantes  me coloca a repousar. 3 Me conduz às águas frescas  e alma nova ele me dá! 

3b Faz que eu siga o bom caminho  pela honra do seu nome. 4 Se atravesso o vale escuro,  nada temo: estás comigo!  Teu bordão e teu cajado,  ao meu lado, me dão força. 

5 Pões a mesa à minha frente,  bem defronte do inimigo;  de óleo unges-me a cabeça,  e o meu cálice transborda. 

6 Só felicidade e graça  toda a vida hão de seguir-me;  minha casa é a do Senhor  pelo resto dos meus dias!

 

Evangelho: Mc 6,30-34

30 Os apóstolos se reuniram com Jesus e lhe contaram tudo o que tinham feito e ensinado. 31 Então ele lhes disse: “Ide agora a sós a um lugar isolado, e descansai um pouco”. Pois eram tantos os que chegavam e partiam, que não sobrava tempo nem para comer. 32 Os apóstolos foram de barca para um lugar isolado, para ficarem a sós. 33 Mas aqueles os viram partir, e muitos calcularam o lugar para onde iam. Então, de todas as cidade foram para lá a pé, e chegaram antes deles. 34 Quando Jesus saiu da barca, ele viu uma grande multidão e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas sem pastor e começou a instruí-los longamente. 

 

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2019 – Ano C – São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2018.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.

 

Boa Nova para cada dia

Os apóstolos reuniram-se com Jesus e contaram-Lhe tudo o que haviam feito e ensinado. (Mc 6,30).

Este Evangelho continua narrando a missão dos ‘doze’.

Desta vez eles entregam a Jesus como que relatórios de tudo o que tinham feito. Tudo acontecera como Jesus tinha previsto. A missão dos ‘doze’ tinha sido um sucesso.

Porém o Evangelho nos mostra as consequências desta missão.

Por meio dela tanto Jesus como os discípulos ficaram conhecidos de uma grande multidão. Aquele povo imenso não quer mais se distanciar de Jesus e de seus apóstolos. Seguem-nos por onde vão. De onde vinha tanta gente?

O evangelista é claro: Saindo de todas as cidades, correram a pé, e chegaram lá antes deles (Mc 6,33bcd). O local onde Jesus estava com os discípulos era um local deserto e afastado. Mas deixou de ser local deserto quando a multidão ali se reuniu.

Notemos: a força de atração da pessoa de Jesus, de sua mensagem, do testemunho de seus discípulos era tanta, que as pessoas não resistiam: correram a pé, nos diz o Evangelho. Imaginemos uma grande multidão, de todas as cidades, nessa caminhada apressada, nessa corrida entusiasmada para ir ao encontro de Jesus.

Nos nossos dias acontecem alguns fatos parecidos.

O Papa costuma atrair multidões, tanto em Roma como nos lugares para onde viaja.

O que estas multidões estão procurando nestes líderes religiosos?

Estão procurando neles uma mensagem de Deus, mensagem que preenche de sentido suas vidas e lhes dão esperança de um mundo melhor, de realização do Reino de Deus tanto na terra como no céu.

Façamos parte destas multidões em busca de Jesus Cristo.

Nele encontraremos o que mais desejamos: uma vida com Deus em Seu Reino de Verdade e Vida, de Santidade e Graça, de Justiça, Amor e Paz.

 

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.


Siga-nos: