Liturgia do dia 04/01/2019

Leituras
1Jo 3,7-10
Sl 97 (98),1.7-8.9 (R. 3a)
Jo 1,35-42

Tempo do Natal

Sexta-Feira


Primeira Leitura: 1Jo 3,7-10

7 Filhinhos, que ninguém vos desvie do reto caminho. Quem pratica a justiça é justo, como ele é justo. 8 Quem comete o pecado pertence ao Diabo, porque o Diabo é pecador desde o começo. Foi para destruir as obras do Diabo que o Filho de Deus apareceu. 9 Quem é filho de Deus não peca, porque sua semente permanece nele; ele não pode pecar porque nasceu de Deus. 10 É nisto que se tornam manifestos os filhos de Deus e os do Diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama seu irmão.

Salmo: Sl 97 (98),1.7-8.9 (R. 3a)

R. De seu fiel amor ele lembrou-se.

1 Entoai ao Senhor cântico novo, que ele fez maravilhas! Sua mão poderosa e braço santo valeram-lhe a vitória.

7 Aplauda o mar e tudo o que contém, o mundo e os que o habitam. 8 Batam os rios palmas de alegria, as montanhas exultem.

9 Em face do Senhor exultem todos: vem governar a terra. Governará o mundo com justiça, com equidade os povos.

Evangelho: Jo 1,35-42

35 No dia seguinte, João se encontrava lá de novo, com dois discípulos. 36 Vendo Jesus que ia passando, disse: “Este é o Cordeiro de Deus”. 37 Os dois discípulos o ouviram e seguiram Jesus. 38 Ele se voltou e, percebendo que o seguiam, lhes perguntou: “Que procurais?”. Responderam: “Rabi – que quer dizer Mestre -, onde moras?”. 39 E ele lhes disse: “Vinde e vede”. Eles foram, viram onde morava e ficaram com ele aquele dia. Era por volta das quatro horas da tarde. 40 André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido Jesus. 41 Ele encontrou primeiro a Simão, seu irmão, e lhe falou: “Encontramos o Messias” – o que significa Cristo. 42 Levou-o a Jesus. Quando Jesus o viu, disse: “Tu és Simão, filho de João. Serás chamado Cefas”, nome que significa Pedra.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2018 – Ano B – São Marcos, Brasília, Edições CNBB, 2017.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.

Boa Nova para cada dia

Jesus respondeu: “Venham, e vocês verão.” (Jo 1,39).
O Evangelho de hoje nos apresenta o diálogo de Jesus com dois discípulos de São João Batista: São João Evangelista e Santo André, irmão de São Pedro.
Foi o primeiríssimo contato destes discípulos com Jesus.
Estavam com São João Batista, que lhes apresentara Jesus Cristo como o “Cordeiro de Deus”.
São João Evangelista se lembra até a hora em que isto aconteceu: pelas 16:00 horas.
O mais maravilhoso deste fato é que Jesus os convida para ver sua casa: “Venham, e vocês verão.”.
Era resposta lógica à pergunta dos discípulos: “Mestre, onde moras?” (Jo 1,38b).
Na verdade, não era conhecer a casa de Jesus que lhes importava. Era o próprio Mestre, o Rabi, Jesus.
Eles queriam conhecer de perto aquele “Cordeiro de Deus” indicado por São João Batista.
Ficaram com Jesus Cristo aquele fim de dia e concluíram ter encontrado o Messias de Israel.
Por isso, quando se despedem de Jesus, vão procurar São Pedro e lhe dizem ter encontrado o Messias. Também São Pedro foi apresentado a Jesus, que o chamou de “Cefas” (Jo 1,42).
Todos nós precisamos perguntar a Jesus Cristo quem Ele é.
Ao longo de nossa vida a instrução religiosa nos vai dando pistas, e nosso crescimento espiritual nos leva a amadurecer este conhecimento.
Porém nunca conheceremos Jesus Cristo suficientemente. Somente quando ressuscitarmos como Ele é que saberemos quem Ele é. Hoje o conhecemos como que por reflexo de um espelho. Mas quando Cristo se manifestar, ele que é a nossa vida, então vocês também se manifestarão com ele na glória. É o que São Paulo nos diz em Cl 3,4.
Aguardemos com fé e esperança a manifestação plena de Jesus Cristo a nós em sua glória.

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.


Siga-nos: