A Igreja local decidiu relançar a campanha abolicionista seguindo as indicações do Papa Francisco que modificou a norma do Catecismo da Igreja Católica relativo à pena de morte, que agora diz: “A Igreja ensina, à luz do Evangelho, que “a pena de morte é inadmissível, porque atenta contra a inviolabilidade e dignidade da pessoa, e se compromete, com determinação, em prol da sua abolição no mundo inteiro” (n. 2267 do Catecismo da Igreja Católica).
Siga-nos:                  
Facebook
Facebook
YouTube
Instagram
Loja Virtual