Notícias

Papa vai visitar a "Lampedusa de Bolonha" em outubro, diz arcebispo

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Bolonha (RV) – O arcebispo Matteo Zuppi, em entrevista ao semanal diocesano “Bologna sette”, falou sobre a visita pastoral do Papa Francisco à cidade italiana de Bolonha, marcada para o dia primeiro de outubro deste ano.

Na ocasião, o Pontífice fará a oração Mariana do Angelus na Praça Maggiore, na presença de um grande grupo de trabalhadores daquela região, e irá almoçar com os pobres na Basílica de São Petrônio, “que representa a Igreja e a cidade tão profundamente ligada à sua Igreja”, comentou o purpurado.

Segundo o arcebispo de Bologna, “estarão presentes muitos pobres: de quem perdeu o trabalho àqueles idosos sozinhos, de quem vive pela estrada a quem não tem lugar onde encontrar esperança no futuro, das pessoas com alguma deficiência àquelas que têm dificuldade de relação, e também os presos”.

Ainda na entrevista, Dom Matteo também fez uma analogia ao se referir ao centro de acolhimento de migrantes e refugiados da cidade como “a Lampedusa de Bolonha: chegam em muitíssimos depois de viagens terríveis. Não devemos esquecê-los. A primeira viagem do Papa fora do Vaticano foi a Lampedusa. Ele quer uma Igreja, mãe de todos, a começar por quem há mais necessidade”.

Na visita pastoral a Bologna, o Papa também encontrará o clero e religiosos, além de estudantes e professores universitários. (AC)

fonte: Rádio Vaticano

Search

Arquivo